Skip to content

Quais são as melhores maneiras de aumentar a contagem de espermatozoides?

A contagem de espermatozoides ou a contagem total de esperma, refere-se ao número total médio de esperma presente em uma amostra de sêmen. A contagem de esperma é uma das várias qualidades que são avaliadas durante a análise de sêmen de rotina e é considerado um fator importante para a fertilidade.
Com base nas diretrizes mais recentes da Organização Mundial da Saúde, uma contagem de esperma saudável é de 15 milhões por mililitro (ml) ou pelo menos 39 milhões por amostra. Uma contagem de esperma inferior a 10 milhões por ml é considerada anormal e comumente associada à infertilidade masculina.
Qualquer coisa que afete os hormônios que controlam a produção de esperma ou atua como antioxidante, pode auxiliar o desenvolvimento saudável e ajudá-los a melhorar a contagem. Em geral, os fatores que influenciam os níveis de testosterona são pensados para ter o impacto mais significativo no número e qualidade do esperma.

Acesse também: http://www.fertilidadedohomem.com.br

Conteúdo deste artigo:

  • Formas de aumentar a contagem de esperma naturalmente;
  • Alimentos para melhorar a contagem de esperma;
  • Medicamentos para aumentar a contagem de esperma.

Fatos rápidos sobre como aumentar a contagem de esperma:

  • O exercício e o sono demonstraram melhorar a contagem de esperma.
  • A primeira linha de tratamento recomendada é tentar remédios não farmacológicos.
  • Fumar tem sido conhecido por reduzir a saúde geral, produção de esperma e qualidade.
  • Homens com contagens de esperma muito baixas podem ser medicamentos prescritos.
  • Formas de aumentar a contagem de esperma naturalmente

Durante várias décadas, os pesquisadores sabiam que a qualidade do esperma e as taxas de fertilidade diminuíam na maioria das nações ocidentais. De acordo com um estudo de 2017, entre 1973 e 2011, a contagem média de esperma na América do Norte, Europa, Austrália e Nova Zelândia caiu em 59,3%.
Apesar dos estudos que identificam o problema, os motivos desse declínio e as formas de reverter de forma confiável, ainda são desconhecidos.
Vários remédios não farmacológicos foram usados por medicamentos antigos, à base de plantas tradicionais para aumentar a contagem e a saúde geral do esperma, por milhares de anos.
Os pesquisadores mostraram que a maioria desses remédios influencia a contagem de alguma forma.

Maneiras naturais para aumentar a contagem de esperma incluem:

Leia mais sobre a preservação da fertilidade aqui:
http://www.preservesuafertilidade.com.br/

1. Exercício e sono

Vários estudos mostraram que a perda de peso e o exercício em indivíduos obesos e com excesso de peso podem levar a uma maior contagem de esperma. No entanto, a ciência que liga um índice de massa corporal saudável (IMC) a uma contagem saudável de esperma ainda é fraca.
Um estudo de 2017 descobriu que a realização de um programa de exercícios aeróbicos de 16 semanas de pelo menos 50 minutos de exercício moderado com 50 a 65% de frequência cardíaca, máxima de 3 vezes por semana, aumentou o volume e a concentração de esperma em 45 homens obesos sedentários.

2. Reduza o estresse

Uma dieta e um exercício saudáveis podem ajudar a reduzir o estresse.
Qualquer forma de estresse pode fazer com que o corpo tome medidas defensivas e economize energia. Em tempos difíceis, faz sentido que o corpo se preocupe menos com a reprodução e mais focado em sobreviver.
Reduzir o estresse exige abordar a causa, embora fatores como exercício e uma dieta saudável podem diminuir os efeitos do estresse.
Para os homens que sofrem de estresse grave, um médico pode prescrever medicamentos antidepressivos.

3. Pare de fumar

Um estudo de 2016 que analisou os resultados de mais de 20 estudos diferentes com um total de quase 6.000 participantes descobriu que fumar consistentemente reduziu a contagem de esperma.

4. Evite o uso excessivo de álcool e drogas

O número de estudos que exploram a ligação entre a saúde do esperma e as drogas é limitado. No entanto, alguns pesquisadores ligaram o uso mundial de drogas como álcool, maconha e cocaína para diminuir a produção de esperma.

5. Evite vários medicamentos prescritos

Alguns medicamentos prescritos podem potencialmente diminuir a produção saudável de esperma. Uma vez que uma pessoa deixa de tomar o medicamento, a contagem de esperma deve voltar ao normal ou aumentar.
Os medicamentos que reduzem temporariamente a produção e o desenvolvimento de esperma incluem:

  • alguns antibióticos
  • antiandrógenos
  • antiinflamatórios
  • antipsicóticos
  • corticosteroides
  • esteroides anabolizantes (até 1 ano de tempo de recuperação)
  • testosterona exógena (externa)
  • metadona

6. Suplemento para reforçar a testosterona

O extrato de “feno-grego”, (fenugreek) tem sido usado como um remédio natural para a baixa saúde do esperma, e os defensores sugerem que ele pode melhorar a contagem de esperma. Um estudo de 2017 descobriu que o composto de patente Furosap®, que é desenvolvido a partir de sementes de feno-grego, melhorou significativamente a qualidade geral do sêmen e a contagem de esperma.

7. Vitamina D e cálcio

A vitamina D e o soro de cálcio, quando consumidos em baixa quantidade, parecem afetar a saúde do esperma. Alguns estudos mostraram que a baixa ingestão dietética de vitamina D parece corresponder com a baixa contagem de esperma.

8. Ginseng

O ginseng indiano tem sido usado nos medicamentos tradicionais como remédio para várias formas de disfunção sexual. Um estudo de 2016 descobriu que 46 homens com baixa contagem de esperma, que fizeram uso de 675 miligramas (mg) diariamente, durante 90 dias e viram um aumento de 167% na contagem de esperma.

9. Aumento da ingestão de alimentos ricos em antioxidantes

Os antioxidantes são moléculas que ajudam a remover e desativar os radicais livres e outros compostos que danificam as células. Várias vitaminas e minerais atuam como antioxidantes e vários estudos ligaram o consumo de antioxidantes com o aumento da contagem de esperma.
Os antioxidantes que podem contribuir para uma contagem saudável de esperma incluem:

  • selênio
  • vitamina C (ácido ascórbico)
  • vitamina E
  • glutationa
  • coenzima Q10
  • I-carnitina

10. Aumento da ingestão saudável de gordura

Gorduras poliinsaturadas ou as chamadas gorduras saudáveis, como omega-3 e omega-6, são cruciais para o desenvolvimento saudável da membrana espermática.
Alguns estudos mostraram que os indivíduos devem consumir esses dois compostos de omega, em quantidades iguais para o desenvolvimento ideal de esperma e benefícios antioxidantes.

11. Reduza a ingestão de gordura não saudável

Um estudo de 2014 que investigou 209 homens espanhóis saudáveis entre as idades de 18 a 23 anos descobriu que, à medida que aumentavam o consumo de ácidos graxos trans, a contagem de esperma diminuiu proporcionalmente.
Vários estudos também mostraram que os ácidos graxos trans podem prejudicar a capacidade de gorduras poliinsaturadas de cadeia longa para incorporar em membranas de esperma, um passo crítico no desenvolvimento de esperma.

12. Evite ou limite a exposição a toxinas ou contaminantes ambientais ou ocupacionais

À medida que o ambiente e a atmosfera se tornam cada vez mais poluídos e congestionados, os fatores ambientais, como a qualidade do ar e a exposição química tóxica, têm sido frequentemente associados à redução da saúde do esperma e da contagem total. Evitar as toxinas ambientais, sempre que possível, também contribui para a saúde geral.
É importante ressaltar que, embora alguns estudos tenham mostrado uma ligação entre a baixa contagem de esperma e os contaminantes ambientais, a maioria deles não o suporta.

13. Evite demasiada soja ou alimentos com estrógeno não humano

Alguns alimentos, especialmente produtos de soja, contêm fitoestrógenos (estrogênio vegetal), compostos que reduzem a ligação à testosterona e a produção de esperma. Muitos produtos enlatados e plásticos também são altos em formas sintéticas de estrogênio.

14. Folato e zinco

O consumo de folato e zinco em combinação foi demonstrado em estudos limitados para aumentar a saúde geral do esperma, incluindo a concentração de esperma ou a contagem total.

Alimentos para melhorar a contagem de esperma

Embora os suplementos sejam considerados uma maneira segura de obter a ingestão diária recomendada da maioria das vitaminas, minerais e antioxidantes, o corpo nem sempre os absorve facilmente.
A maioria dos estudos sugere que comer alimentos ricos em compostos e produtos químicos específicos permite que o corpo os use de forma mais eficiente. Portanto, a melhor maneira de aumentar a contagem de esperma naturalmente pode ser aumentar o consumo de alimentos ricos em nutrientes compatíveis com esperma.

Alimentos ricos em nutrientes que estimam a contagem de esperma incluem

  • Nozes em uma mesa
  • Alimentos ricos em nutrientes estimulantes da contagem de esperma incluem bananas, chocolate escuro, ginseng e nozes.
  • Nozes
  • frutas cítricas
  • trigo integral e grãos
  • A maioria dos peixes, especialmente salmão selvagem, bacalhau
  • A maioria dos moluscos, em especial as ostras
  • Leite reforçado com vitamina D e produtos lácteos
  • chocolate escuro
  • alho
  • bananas
  • brócolis
  • ginseng
  • açafrão
  • espargos
  • mais folhas verdes, especialmente espinafre e couve
  • Nozes e sementes fermentadas

Conheça mais sobre a Dieta da Fertilidade acessando:
http://www.dietadafertilidade.com.br/

Medicamentos para aumentar a contagem de esperma

Um médico pode prescrever medicamentos para homens com contagens de esperma muito baixas ou que tenham fatores ou considerações adicionais de saúde.
Os medicamentos às vezes usados para tratar a baixa contagem de esperma incluem:

  • Clomiphene citrate oral (Serophene)
  • Serofeno oral
  • Gonal-f® RFF * Redi-ject® (follitropina alfa ou gonal-F) ou injeções subcutâneas (sob a pele)
  • antibióticos se causados por infecção do trato urinário ou reprodutivo
  • gonadotrofina coriônica humana (hCG) (nomes de marca Choragon e Pregnyl)
  • letrozol ou anastrozol
  • androgênios exógenos

Na maioria das vezes, quando se procura informações sobre fertilidade na literatura ou na internet, observa-se que os textos encontrados são relacionados aos problemas da mulher.
É surpreendente que, mesmo considerando que praticamente 50% das causas responsáveis pela dificuldade em engravidar de um casal sejam decorrentes de problemas na fertilidade masculina, existem pouquíssimas orientações a esse respeito. Nosso trabalho também é dedicado aos problemas do homem, orientando de forma didática, abrangente e esclarecendo as principais dúvidas sobre este assunto.

Dr. Arnaldo Schizzi Cambiaghi

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *